0

Com a palavra: O Padrasto

Não se assuste com o título! É que como temos textos sobre madrastas e muitas pessoas leram e gostaram, também surgiu a discussão sobre como é a vida do padrasto. Para este posto eu, Carol, tenho um amigo que nos enviou uma reflexão sobre como é a rotina do homem que constrói família com uma mulher que já tem filhos.

Por Leandro Sílvio:

Para desespero dos mais conservadores, o termo ‘família moderna’ tem se aplicado cada vez mais aos dias atuais, onde o padrão ‘mamãe, papai e filhinhos’ para os mais radicais pode ser até chamado de démodé. Visto as mudanças mais frequentes da estrutura familiar, as mais recorrentes são as famílias com madrastas e padrastos.

Casamentos têm durado pouco e os cônjuges procuram outros parceiros rapidamente com o pensamento: “Tenho que pensar em mim. Tenho que ser feliz.” Mas onde fica o pensamento em relação aos filhos?

Especificando o caso dos padrastos averiguo uma situação mais desconfortável do que os das madrastas, pois na maioria a mulher é quem fica com a guarda dos filhos e a nova figura masculina que ela colocar em casa pode não ser muito bem aceito pelas crianças.

Explico: Imagine uma mãe divorciada com uma filha. Ela deve pensar umas trinta milhões de vezes antes de colocar outro homem em casa, mesmo achando que conhece o futuro cônjuge. E no caso de um menino, este pode ter ciúmes da mãe e não aceitar a figura masculina que chega em sua vida que não é o seu pai.

No caso do novo parceiro da mulher a coisa toda também é complicada. Não são seus filhos que estão ali. O começo da relação com as crianças, dependendo da idade, é tensa. Para as crianças ele não é o pai delas, é o outro. O cara que “quer assumir o lugar de seu pai”. O esforço para acolher e educar estas crianças é férreo e muitas vezes o relacionamento com a mãe é desgastado por demais neste processo e chega a um fim indesejado.

Tem algumas regrinhas básicas a serem seguidas quanto ao relacionamento com as crianças, por exemplo: nunca falar alguma coisa negativa do pai deles para elas. Outra: Conversar com a mãe sobre o que falar e maneiras de agir com eles é essencial. Quem melhor pra dar uma dica dessas do que pai e mãe? O respeito das crianças só será adquirido se elas gostarem do padrasto.

Para o pai divorciado pode ser incrivelmente difícil ver seu filho ter mais convívio com outra figura masculina que não a dele. O seu lugar foi ocupado e com o tempo as crianças serão conquistadas pelo novo parceiro da mulher. Neste contexto, algumas famílias tem uma criança com “dois pais”, o que, muitas vezes, deixa o pai biológico com um sentimento negativo imenso ao ver seu filho chamar outra pessoa de pai.

Enfim, muita coisa além disso é pensada e repensada entre os envolvidos. A batalha é grande.

É um desafio criar um parentesco por afinidade. Complicado, mas não impossível. A Família moderna está pautada no afeto. O padrasto precisa conseguir o respeito das crianças e quando o seu filho (caso o casal queira ter um) estiver por vir ele não pode deixar de lado seu “filho socioafetivo”. O relacionamento precisa ser mantido.

Conquistar uma criança cujo os pais se separaram e que pode se colocar como vítima constante, manipulando todos ao seu redor por conta disso, requer atenção e paciência. Muita paciência. Doses cavalares de paciência. Pode parecer que, com tantas novas estruturas familiares no mundo atual, as coisas são mais simples de se entender, principalmente no caso dos jovens que estão sendo criados em uma sociedade desta forma. Ledo engano.

Relações consistentes, principalmente para quem não tem grau de parentesco algum, devem ser conquistadas com criatividade e respeito, pois é importante não invadir o espaço da criança e forçar uma situação incômoda. e só quando o padrasto sentir que faz parte da vida da criança (e vice versa) é que nascerá uma família.

Fica a dica/opinião! ;)

PS: Como o foco foi sobre padrastos, não chegamos a mencionar famílias com pais em relação homoafetiva, mas sabemos que também fazem parte dos novos modelos familiares. Quem sabe na próxima. ;)

0

Festival de espumantes e cervejas no CADEG: Mercado em Taças

Começa amanhã o Mercado em Taças, que acontece no nosso Mercado Municipal, mais conhecido como CADEG. Nós já fizemos boas compras de cervejas por lá e super recomendamos a você. Além de boas (e baratas) opções de bebidas, a gastronomia fala alto e nós super curtimos! :)

Segue a programação roubada do Guia da Semana:

Confira a programação completa:

OLIVIER BEBIDAS – Endereço: Avenida Central, 28 – Telefone: 3890-0300

Funcionamento: Segunda 7h às 15h; Terça a Sábado 6h às 17h; Domingo de 11h às 16h.

Espumantes: Dom Guerino Brut, Cave Amadeu Brut e Prosecco Aurora

Restaurante: Brasas Show

Bacalhau à moda Show (batata rústica, pimentões coloridos, tomate, ovo, cebola, brócolis, couve e arroz) – Don Guerrino Brut

2 pessoas: R$ 126,90

4 pessoas: R$ 189,80

Galeto Light (acompanha arroz integral e salada de legumes) – Prosecco Aurora

2 pessoas: R$ 39,90

EMPÓRIO GOURMET SHOW – Endereço: Avenida Central, 34 e 36 – Telefone: 2580-3776

Funcionamento: Segunda a Quinta 7h às 17h; Sexta e Sábado 7h às 18h; Domingo 9h30 às 16h30

Espumante: Casa Perini / Cervejas: Black Princess e Biritis

Restaurantes:

Empório Gourmet Show

Salmão à moda Empório (filé de salmão assado em uma travessa ao molho de alcaparras e champignon, acompanhado de batatas coradas, brócolis e pimentões assados e arroz de brócolis) – Perini Brut

2 pessoas: R$ 79,90

Espetáculo

Espetinhos Variados (Biritis e Black Princess)

Preços a partir de R$ 4,50 até R$ 8,90 e de posta de bacalhau R$ 39,90

GRIFFE DOS VINHOS – Endereço: Avenida Central, 18 – Telefone: 3860-3578

Funcionamento: Segunda e Terça, 6h às 14h; Quarta a Sexta, 6h às 15h; Sábado, 7h às 15h

Espumantes: Casa Valduga 130 e Norton Rosé

Restaurante: Barsa

Feijão Amigo Lusitano (feijão branco com lascas de Gadus Morhua, ervas frescas, pimenta biquinho, cebola roxa, conserva de pimenta de cheiro acompanha torradas de pão caseiro do Barsa com manteiga de ervas) – Casa Valduga 130 Brut

Inteiro: R$ 48

Meio: R$ 28,00

Arrumadinho do Barsa (sashimi de Haddock, boursin de cabra e ovas de capelim, acompanha torradas de pão caseiro do Barsa com manteiga de ervas) – Sangria Norton Rosê

R$ 58

ART DOS VINHOS – Endereço: Sobreloja 25 e 27 – Telefone: 2214-2262

Funcionamento: Segunda a sexta de 8h às 17h; Sábado 8h às 15h.

Espumantes: Rio Sol e Terra Nova

Restaurante: Gruta São Sebastião

Costela de cordeiro à moda do Porto (costela grelhada com salada verde e aspargos, tomate seco, manga e molho de hortelã)

Individual: R$ 59,00

DREAM BEER – Endereço: Rua 13, loja 5 – Telefone: 2214-2250

Funcionamento: Segunda a quarta, 9h às 16h; Quinta a Sábado, 9h às 18h

Cervejas: Deus, Karavelle Keller e Estrella Galicia

Café: Café Dellas

Bruscheta Trufada (bruschetta de pão caseiro com mozzarella de búfala, especiarias, tomate cereja, queijo pecorino e salsa trufada) – Cerveja Deus

Unidade: R$ 20

Bruscheta Mix de Cogumelos (bruschetta de pão caseiro com mozzarella de búfala, especiarias, mix de cogumelos frescos e azeite trufado) – Cerveja Karavelle

Unidade: R$ 17

Bruscheta Tomate Confit (bruschetta de pão caseiro com mozzarella de búfala, especiarias, tomate confitado e rúcula) – Cerveja Estrella Gallicia

Unidade: R$ 12

E aqui tem um com mais lugares, mas sem os preços.

Fica a dica!

0

Comendo melhor por menos: Seletti

Bom, a dica de hoje é da rede fast food Seletti. É possível que você já tenha visto em alguma praça de alimentação de shopping por aí.

O restaurante funciona no esquema de fast food, mas com opções mais saudáveis do que as que já conhecemos. Nós gostamos bastante e experimentamos o combo que inclui hambúrguer de salmão (as outras opções são o vegetariano e o bovino), batata rústica (assada com e temperada com alecrim, mas que também pode ser trocada por saladinha verde) e um suco de fruta.

O restaurante ainda oferece opções como saladas, massas, pratos combinados, sendo que sempre tem uma promoção que custa por volta de R$ 13. Pra beber, tem mates e sucos. Eles também tem refrigerante, caso o cliente queira, mas divulgam mesmo os sucos e  mates.

Pelo nosso combo pagamos R$ 17,90 e achamos que compensou bastante, pois foi bem melhor do que comer em algum fast food tradicional. Mó bifão de salmão, o molho é uma delícia, a porção de batata é legal e gostosa e o suco é um sucesso, feito na hora!

Nós já comemos no Shopping Tijuca e no Shopping Nova América (na praça de alimentação da expansão) e recomendamos os dois! :)

Fica a dica!

0

Cervejas do meu mundo afora: Pe’Ahi – A Cerveja da Onda!

Estávamos nós em um dia avulso subindo as infinitas escadas rolantes até o cinema do shopping Tijuca e avistamos o anúncio com uma marca chamada Pe’Ahi nas portas dos elevadores (que dão para as escadas), com uma garrafa na frente.

Humm. Guardamos essa informação pra depois da sessão pipoca.

Depois do filme fomos atrás do local que anunciava a tal cerveja. É um restaurante japonês que havia sido inaugurado há relativamente pouco tempo no shopping, pelo que percebemos já tinha um na Barra e um na Gávea. Eles lançaram uma cerveja própria homônima.

Curiosidade e a oportunidade bateram juntas, fomos lá experimentar. Bem gostosinha, mantém um amargor controlado e gostoso no final em seus 6% de graduação alcoólica; Seu rótulo leva a classificação de Amber Ale.

Segue a descrição da cerveja dada pelo restaurante em uma página do Facebook:

“A cerveja criada pelo mestre cervejeiro Pedro Bevilaqua de Lucca junto com os sócios do restaurante, é produzida a partir de quatro tipos de malte da Bélgica, que conferem à Pe’Ahi sua belíssima cor, seu sabor e aroma de malte. Duas variedades de lúpulo (Humulus Lupulus, planta da mesma família da Cannabis Sativa L.) proporcionam seu doce amargor e seus aromas florais e cítricos, provenientes de uma maturação longa e do processo de “dry-hoppings”. Totalmente natural e artesanal, encorpada, sem aromatizante, corante e conservante e com percentual alcoólico de 6%.”

O preço dela é aquele típico de bar e restaurante, mas como se trata de uma criação exclusiva, você terá que ir ao restaurante para prová-la. Como a experiência para nós foi muito boa, recomendamos a Cerveja da Onda! :)

E só pra terminar com uma graça:

Por Adão Iturrusgarai, Pai da Aline

Fica a dica!

PS: Se, só pela curiosidade, quiser saber da onde vem esse nome, só clicar aqui.

0

Locais para visitar: Lapa Café

Aproveitando a ótima promoção do Groupon (porque, né, não somos ricos. ;) ) fomos conhecer o Lapa Café. O bar é bem famoso por sua grande variedade de cervejas especiais, bom espaço e ótimas músicas. Chegando lá vimos que além disso tudo, o atendimento é ótimo e a comida melhor ainda. Se considerarmos que as coisas andam surreais em termos de preço aqui no Rio, o bar até que está na lista dos possíveis (mas beeeeem no limite).

Provamos três cervejas e três comidinhas que estavam na promoção, muito boas mesmo. Apenas uma ressalva para a Chapeu Kriek Lambic Beer, que tem meio que um gosto de gelatina… Mas bebemos de boa.

O ambiente é descontraído, bem decorado e conta com boa estrutura para atender aos clientes. Ouvimos música boa e nos divertimos em paz vendo outras pessoas fazendo o mesmo. Se puder aproveitar uma boa oferta para conhecer será melhor, senão separe uma graninha, pois as cervejas são um pouco mais caras dado a sua qualidade, mas é um local que vale a pena conhecer, com certeza! :D

Ah, se isso tudo ainda não te convenceu, eles ainda tem uma cerveja própria do local:

Está é ÓTIMA, feita de acordo com a lei de pureza, 600 ml, feita pela Mistura Clássica, excelente opção! ;)

Fica a dica!

2

Cervejas do meu mundo afora: Germânia 55

Faz um tempinho que experimentamos esta cerva pela primeira vez mas como ela cruzou nosso caminho recentemente, resolvemos compartilhar a dica.

Podemos afirmar que é uma das melhores relações de custo/benefício que encontramos até o momento. A cerveja é classificada como Pilsen, mas passa longe do que conhecemos do “padrão Ambev”. Pra você ter uma noção, bebemos ela completamente quente, e mesmo assim, ela é extremamente gostosa!

Tem um gosto amanteigado muito bom, no estilo do Chope do Boteco Salvação e o Chopp Daserra mas, infelizmente, com um pouquinho menos colarinho. O teor alcoólico é básico, 4,5%, o que torna muito mais agradável poder bebê-la por mais tempo sem cair por aí. :D

Nós a encontramos recentemente no supermercado Extra por R$ 4, sendo que é uma lata de 710 ml. Tendo em vista que, atualmente, você acha nos mercados uma lata de Antártica de 350 ml por quase 2 reais… Entendeu o custo/benefício? ;)

Recomendamos muito que você compre esta cerveja. De preferência por um bom preço, que foi o nosso caso. Nós a encontramos por um preço legal também no Pão de Áçucar.

Esta é uma excelente opção para estes dias agoniantes de verão. Acabamos por descobrir no site da cervejaria que eles tem outros rótulos disponíveis, então seguimos na nossa missão de experimentar o máximo de cervejas possíveis, agora com uma lista maior. Te desejamos o mesmo! :)

Fica a dica!