0

Você Pode ir No Lançamento da Wälls Victorious Dubbel pela Balkonn!

Fala, meu povo e minha pova!

Amanhã, patrocinado pela Balkonn (um dos maiores depósitos de cerveja do Rio de Janeiro), tem lançamento no Lapa Café:

Vá e aproveite o grande leque de cervejas do Lapa Café! :)

Mais sobre o evento na imagem acima ou clicando aqui.

Fica a dica!

0

Cervejas do meu mundo afora – Edição IPA Day: Therezópolis Jade

Recentemente a cervejaria St. Gallen adicionou alguns rótulos ao seu ótimo time de cervejas, uma delas foi a Therezópolis Jade. E como amanhã comemoramos o IPA Day, foi a escolhida da categoria para comemorar esta data.

Aproveite o sábado, passe em algum mercado ou local que venda cervejas especiais e comemore a data cervejeira desfrutando esta ótima representante do estilo. Com uma bela coloração, aroma frutado sensacional e sabor um pouquinho mais amargo característico do estilo, esta India Pale Ale vai te conquistar.

Ótima cerveja, como todas da St. Gallen! :)

O IPA Day é só amanhã, mas como hoje é sexta e ninguém é de ferro, já pode começar os trabalhos hoje mesmo. Se preferir, guarda a Therezópolis Jade para amanhã, mas abra um boa cerveja hoje também! ;)

Ainda rola um evento patrocinado no Brasil! Não vamos neste, mas já está marcado na nossa agenda pra irmos em algum ano. Se quiser saber mais, clica na imagem:

Festa IPA Day com a banda Velhas Virgens, Foda! :D

Festa IPA Day com as bandas Velhas Virgens e Microbius Experience, Foda!

Em tempo: Chegou a provar a edição de inverno da Sankt Gallen deste ano? Apimentada! :D

Feliz IPA Day!

Fica a dica!

1

5 coisas que Não achamos legais em Buenos Aires

Como os posts anteriores sobre nossa viagem a Buenos Aires podem comprovar, nós curtimos muito a estadia na cidade, mas como o mundo não é perfeito encontramos alguns hábitos dos hermanos que não achamos agradáveis. São coisas bem simples, nenhum problema irreparável, mas só pra pontuar:

1- Eles não recolhem as fezes dos cães: Antes de você começar a dizer que aqui também é assim, digo que não devemos achar uma coisa errada normal só porque os outros estão fazendo. Esta observação entrou na nossa lista pois achamos muito contrastante um cidade com boa limpeza não seguir o exemplo no recolhimento das fezes de animais. Lembramos também que isso foi observado em maior escala no Centro, onde ficamos hospedados e onde moram muitas pessoas que víamos diariamente passeando com seus cães pelas ruas da capital.

2 – Guimbas de cigarro: Mesmo princípio do item acima. Se há uma preocupação em jogar o lixo na lixeira, por que não ter o mesmo cuidado com o final do cigarro?

3 – Câmbio, câmbio, câmbio: O eterno falatório na Rua Florida anunciando casas de câmbio paralelas enquanto você tenta passear. Ficamos algum tempo com o mantra na cabeça… troço chato pra cacete. XD

4 – Malandragem: Tá, pode parar de reclamar que aqui também é cheio de malandro. Claro que tem malandro aqui, mas nós não curtimos esse “jeitinho” aqui nem em qualquer outro lugar.

5 – Pessoas tentando a todo custo te vender passeios para o Zoo e espetáculos de tango: Tá bom que é a forma como os caras ganham dinheiro, mas depois da 3ª vez que você recusa, já dá pra parar de insistir, né?

Bônus: A idolatração pelo Maradona até na TV. Gente, ele jogou muito e talz, mas já deu, né? O cara fala merda e fuma ao vivo no programa de esporte da Argentina no meio do estúdio, que nem um bicheiro. Ah, vá?!

Essa charge é antiga, mas será que vai valer a pena ver de novo? o_O

E você, já foi a Buenos Aires? Viu alguma situação ou hábito que não curtiu?  Conta pra gente nos comentários.

Se topar com alguma dessas situações não diga que não foi avisado! ;)

Fica a dica!

1

Casados Vs. Solteiros: O Grande Mito

O post do Dia do Solteiro me fez pensar sobre como os status são glamorizados, seja a solteirice ou relacionamento. Vejo tantos homens e mulheres casados ou em relacionamentos longos olhando para os solteiros como se fossem ganhadores da Mega Sena e vice-versa. Mas, e aí, qual é a melhor condição?

Na minha opinião, a melhor condição será sempre a que te faz feliz. Mas feliz de verdade, não aquilo que os outros cobram ou esperam de você. As pessoas parecem hoje em dia querer mudar o status de relacionamento por dois motivos:

1 – Porque seu meio social cobra direta ou indiretamente;

2 – Porque veem a realidade de alguém com muito glamour.

Pra quem acha que não, casados também vivem! ;)

Pra quem acha que não, casados também vivem! ;)

Alguns solteiros que conheço acham que só serão felizes se estiverem casados ou namorando e alguns casados acham que fizeram um mal negócio e que suas vidas seriam melhores se estivessem solteiros. A velha história da grama do vizinho mais verde que a nossa. O problema é que no lugar de viver e aproveitar o melhor de cada condição, as pessoas ficam presas num mantra mental jurando que suas vidas estão uma merda e que seria melhor de outro jeito (se realmente estiver, tem que mudar, mas é papo pra outro post).

À você, que é solteiro, posso dizer que o melhor a fazer é deixar as coisas acontecerem, conhecer gente, dar rumo na sua vida e se amar, muito antes de repetir todos os dias que precisa de alguém ao seu lado pra ser feliz. Se você acha que só será feliz com alguém ao seu lado, sinto te dizer: puro engano. É preciso, primeiro, saber ser feliz sozinho. Curta sua solteirice, pessoas aparecem de formas inusitadas e inesperadas. ;)

Muita gente pensa assim, e nem vamos entrar na discussão de gêneros! – Boa tirinha da Cibele Santos, no http://www.cibelesantos.com.br

À você, que é casado, digo que se está infeliz no seu casamento, tente organizar e resolver as coisas com quem você está, converse bastante. Se chegou a conclusão de que não dá pra resolver, é você quem vai decidir se quer continuar preso num relacionamento que não te faz feliz. Mas não vale só reclamar. Mova-se.

Se você está casado e está entediado porque pega um (a) cara/mulher só e acha que a vida dos solteiros a sua volta é uma eterna orgia, acredito que esteja vendo TV demais. ¬____¬

E finalmente, se você é casado (a) mas adora ficar tagarelando pros amigos que sua vida é chata, que o parceiro (a) te perturbam e blá, blá, blá… Mas não larga da pessoa, te digo: Vá procurar o que fazer. Se você tem o mínimo de consideração por quem está com você, não exponha essa pessoa sem necessidade aos outros. Você pode magoar quem você ama só sendo um babaca e porque gosta de ter assuntinho besta na roda de amigos.

Aos dois grupos posso dizer que existem pontos positivos e negativos em cada condição, assim como TUDO na vida. Só é preciso que você seja maduro e honesto consigo mesmo para viver bem as duas situações.

Fica a dica!

0

Degustação de Vinhos Beni di Batasiolo e o Clube de Compras Sam’s Club

O Sam’s Club é um clube de compras por atacado e varejo ligado ao mercado Wallmart. O mais próximo da nossa casa é o da Linha Amarela (próximo ao Norte Shopping) e como trata-se de um clube, somente sócios podem comprar por lá pagando uma taxa anual de R$ 60 (valor de 2014).

Na semana passada fomos a convite deles a uma degustação de vinhos que o Sam’s Club irá comercializar. Além do jabá, o evento serviu para que o enólogo Fernando Diniz – especialista em vinhos – nos desse algumas dicas de harmonização e acabamos conhecendo um pouco mais sobre este mundo. Não são garrafas super baratas mas os da Beni di Batasiolo, para ocasiões especiais, vale a pena o investimento.

Degustação bem organizadinha! :)

Ótimos queijos e vinhos! :D

Fora o evento, o mais interessante desta dica é que o Sam’s Club é bem legal, principalmente porque encontramos lá uma boa relação de custo/benefício e marcas e produtos não disponíveis nos mercados brasileiros, pois eles são os importadores diretos! É muuuuuita marca maneira, de ótima qualidade! Até a marca deles, a Bakers and Chiefs é tranquila de comprar. Por exemplo, nós compramos o chocolate em pó deles, que é bem mais em conta que o da Nestlé e a ração pra cães, que super premium, mas tem um preço ótimo! :)

Para nós tem sido uma experiência válida.

Fica a dica!

0

Cervejas do meu mundo afora: Brooklyn Monster Ale

Há um tempo atrás ficamos sabendo de um rótulo da cervejaria Brooklyn que ia deixar de ser fabricado. Pensamos: “Como assim, a gente nem conhecia a cerveja e já vão parar de fabricar?” #tenso

Pesquisamos sobre a cerveja e o motivo que levaria ao seu encerramento. Acontece que a receita desta cerva foi criada em homenagem ao gato dos cervejeiros, chamado Monster e como todo ser vivo, o Monster morreu. :/

Para os donos cervejeiros pareceu sem sentido continuar com o rótulo após a morte do bichano e eles anunciaram o fim da cerveja. É triste, nós sabemos… pelo gato e pela cerveja!

Começamos a procurar a cerveja por aqui, sem muita esperança… Mas os deuses cervejeiros não nos abandonaram e encontramos no CADEG. \o/

Brooklyn Monster Ale

A Monster Ale é uma baley wine bem gostosinha. Seu sabor é mais acentuado se não estiver estupidamente gelada (não esqueça no congelador). Foi disponibilizada em garrafa de 330 ml, com 10.1% de teor alcoólico. Vale a pena homenagear o gatinho e acrescentar mais uma cerva a sua lista de degustação.

Mas corre, porque ela já deixou de ser fabricada e o que está nos estoques não será reposto. ;)

Fica a dica!